sexta-feira, 31 de julho de 2009

terça-feira, 28 de julho de 2009

SALA DE ADULTOS

Na sequência das mudanças que estão a decorrer na Biblioteca, a Sala de Adultos encerrará de 28 a 31 de Julho, reabrindo a 3 de Agosto.

Os restantes espaços - a Sala de Periódicos e a Sala Infantil - manter-se-ão em funcionamento.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

SERVIÇO EDUCATIVO

No passado dia 21 o Serviço Educativo da Biblioteca proporcionou a um grupo de 10 crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 9 anos, do ATL da EB1 de Manhouce - Arrifana, mais uma sessão da actividade "Queres ouvir uma história", em que foram lidos os seguintes contos:

Amor... que nojo! de Michael Catchpoll
Como vencer um Troll de Nick Ward

    No final foi criada a oficina "Folha a folha nasce a história", na qual foram elaborados pequenos livros com colagens de diversos materiais.

    Hoje, dia 27, pelas 15 horas, houve a sessão "Já conheces a biblioteca?", que consiste numa visita guiada às instalações da Biblioteca. No final decorreu a oficina "Sobe, desce, enrola e ata", na qual se procedeu à construção e ilustração de sapatos em cartolina.



    Mais tarde, pelas 19 horas, decorreu mais uma visita guiada às instalações da Biblioteca, por um grupo de 5 alunos estrangeiros (Romenos e Russos) da Escola Profissional de Rio Meão acompanhados pela professora Sandra Raínho.




    MICHAEL JACKSON (1958-2009)


    Michael Joseph Jackson, chamado Rei do Pop, foi o músico americano mais bem sucedido de todos os tempos em termos comerciais e figura proeminente da Cultura Popular durante cerca de 20 anos.
    Começou a sua carrreira a solo em 1971 após ter integrado, desde 1964, os "The Jackson Five". Preparava-se para revalidar o título de Rei do Pop com uma série de 50 espectáculos em Londres. Morreu em Los Angeles a poucas semanas de poder despedir-se dos fãs da melhor forma: em palco.

    Álbum disponível na Biblioteca:

    HISTORY[Registo sonoro] : past, present and future . - s.l. : Epic-Sony Music, 1995 . - 2 cds (ca de 72:30 e 77:04 min.) : Stereo.

    sexta-feira, 17 de julho de 2009

    A BIBLIOTECA DE S. JOÃO DA MADEIRA ESTÁ A MUDAR...


    A Biblioteca Municipal de S. João da Madeira mudou, para si e por si.
    Nos últimos meses realizamos um conjunto de alterações que, estamos certos, vão aumentar a qualidade dos serviços que prestamos e o seu próprio bem-estar. Desde logo, criamos um serviço educativo que tem vindo a realizar diversas acções de sensibilização para a leitura junto de públicos muito diversos (muitas destas acções têm sido apresentadas no blog). Mas querendo ir ainda mais longe promovemos também importantes mudanças, como por exemplo:
    - Criámos, no piso 2, uma sala de investigação e pesquisa do Fundo Local da Biblioteca
    Doravante, sempre que um investigador pretender consultar o Fundo Local irá fazê-lo nesta sala que reúne todas as condições de trabalho necessárias.
    A Sala do Fundo Local está aberta ao público de segunda-feira a sexta-feira entre as 09h30 e as 12h30 e as 14h30 e as 18h00.
    Para mais informações deverá contactar a técnica responsável (Dra. Graça Neves).
    - Criámos melhores condições para o Espaço Internet da Biblioteca
    Visando aumentar o conforto dos visitantes e facilitar o acesso às novas tecnologias (inclusivamente a pessoas com mobilidade reduzida que eram antes obrigadas a deslocar-se até ao piso 2), transferimos o espaço Internet para a zona da recepção.
    O acompanhamento dos utilizadores é agora realizado de forma permanente pelas funcionárias em serviço na recepção que estarão sempre disponíveis para o auxiliar.
    - Criámos uma sala especificamente destinada à leitura e à consulta de periódicos
    Até este momento os periódicos encontravam-se disponíveis na sala de adultos com todas as desvantagens que tal situação originava, quer aos utilizadores da sala de adultos quer aos leitores de periódicos.
    Para resolver esta situação, criámos uma nova sala de leitura e consulta de periódicos situada no piso 2 da biblioteca. Esta sala disponibiliza aos seus utilizadores todos os periódicos existentes na biblioteca, tendo sido criadas condições adequadas para a sua consulta em ambiente calmo e propício à leitura e à reflexão.
    - Aumentamos a capacidade de recepção na sala de adultos
    Com a mudança dos periódicos para sala própria, aumentamos a capacidade da sala de adultos, que tem agora mais área destinada a estes utilizadores e virá a permitir ainda um aumento significativo dos documentos expostos.
    Aliás, está a decorrer ao longo deste ano um intensivo processo de catalogação de documentos que até este momento não tinham ainda sido disponibilizados ao público. No fim deste processo contamos ter mais de 1.300 novos títulos para disponibilizarmos aos nossos leitores!
    - Facilitamos a consulta de documentos em suportes diferentes
    Visando melhorar o acesso aos documentos vídeo e áudio (que até ao momento se encontravam todos na sala no piso 2), reorganizamos estes espólios em função das faixas etárias, sendo que doravante, os adultos encontraram, na sala de adultos, todos os documentos vídeo e áudio dirigidos à sua faixa etária, e as crianças e jovens encontrarão na sala infantil e juvenil os documentos que lhes são dirigidos.
    Quer isto dizer que, por exemplo, uma criança pode na mesma sala encontrar o livro, o vídeo e o CD que pretende requisitar, sem ter que andar de sala em sala!

    Estas são apenas algumas das alterações que introduzimos no funcionamento da Biblioteca.
    Mas a sua opinião é, para nós, muito importante pelo que agradecemos que nos envie qualquer sugestão ou comentário que nos permita fazer ainda mais e fazê-lo melhor.

    Se ainda não viu a sua nova biblioteca, não deixe de nos visitar!

    ÁFRICA MINHA - livro, filme, banda sonora

    Tive uma fazenda em África, no sopé das montanhas Ngongo. O equador passa cento e sessenta quilómetros a norte desta região e a fazenda ficava a uma altitude de mais de dois mil metros. Durante o dia sentíamo-nos mais perto do sol, mas as madrugadas e os fins de tarde eram límpidos e tranquilos e as noites frias...
    A BANDA SONORA

    O LIVRO

    O DVD
    O livro e o filme relatam a história real da baronesa Karen von Blixen-Finecke, uma mulher independente e forte que dirige uma plantação de café no Quênia, por volta de 1914. Para sua total surpresa, ela descobre-se apaixonada por África e pela sua gente. Casada por conveniência com o Barão Bror von Blixen-Finecke, apaixona-se pelo misterioso caçador Denys Finch Hatton.

    Um dos filmes mais belos por diversas razões, trata-se de uma realização extraordinária, com uma banda sonora fantástica e interpretações, fora de série. Depois, é um filme que retrata o continente mais bonito do mundo e as imagens ali apresentadas não deixam dúvidas. Além disso conta uma história de amor lindíssima. São as histórias que fazem a vida e a vida é feita de histórias. África ainda é virgem e as raízes do homem estão neste continente.

    Documentos disponíveis na Biblioteca Municipal.







    quinta-feira, 9 de julho de 2009

    QUERES OUVIR UMA HISTÓRIA?

    O Serviço Educativo da Biblioteca proporcionou, no passado dia 8, pelas 14, 30 horas a leitura do conto "O Aquário" da autoria de João Pedro Mésseder e ilustração de Gémeo Luís, a um grupo de 23 crianças do 1º e 2º ciclo do Centro de Ensino Integral.

    Após a sessão de leitura houve uma oficina onde todos os participantes puderam dar asas à sua imaginação e criarem coloridas ilustrações sobre a história.

    Sinopse: "O Aquário" é uma história de peixes, cores e sabores para os mais pequenos. Um aquário é também um mundo em miniatura, onde se jogam relações entre iguais e diferentes, novos e velhos, e onde se geram preconceitos e ideias feitas. As ilustrações ajudam a compreender situações e personagens, sem deixarem de construir um cenário onírico e sedutor.



    quarta-feira, 8 de julho de 2009

    DE QUE FALAMOS QUANDO FALAMOS DE ARTE CONTEMPORÂNEA?


    A Câmara Municipal de S. João da Madeira e a Fundação de Serralves convidam V. Ex.a para a inauguração da exposição "De que falamos quando falamos de arte contemporânea?", no próximo dia 10 de Julho, sexta-feira, pelas 18h30, no Largo de Santo António em S. João da Madeira.





    domingo, 5 de julho de 2009

    QUERES OUVIR UMA HISTÓRIA?

    Hoje, 4 de Julho, pelas 11 horas, o Serviço Educativo proporcionou mais uma sessão de contos destinada a crianças maiores de 3 anos e a grupos familares, com o objectivo de estimular a leitura, criando espaços de partilha, cumplicidade e fortalecendo os laços familiares.
    "História do Livro activo" da autoria de Conceição Areias, conta-nos a história de um livro com esperança, em cima de uma prateleira... Para dar alegria a uma criança, desafiou-a para a brincadeira!
    A oficina, designada "Folha a folha nasce a história", consistiu na elaboração de um livro em tecido, com colagens.

    sábado, 4 de julho de 2009

    Camilo Pessanha... um poeta ao longe

    A inauguração da Exposição, a palestra proferida pelo Dr.Valle de Figueiredo e a sessão poética pelo Grupo de Coros dos Antigos Estudantes de Coimbra geraram momentos muito animados na Biblioteca.

    O Vereador da Cultura - Dr Rui Costa - procedeu à abertura da sessão durante a qual foram divulgados diversos aspectos do percurso de vida, da interessante personalidade e da obra de Camilo Pessanha. Estiveram presentes cerca de 50 pessoas, maioritariamente alunos da Universidade Sénior, bem como alguns sanjoaneses que estudaram na Universidade de Coimbra como, entre outros, o Dr Flores Santos Leite e a Dra Fernanda Fidalgo.


    QUERES OUVIR UMA HISTÓRIA? E RODINHAS DE LEITURA

    Hoje, 3 de Julho, o Serviço Educativo da Biblioteca proporcionou a cerca de 12 crianças do campo de férias "5 semanas", as seguintes iniciativas:

    15h - "Queres ouvir uma história?" - Leitura do conto "Amor que nojo", de Michael Catchpool e uma oficina criativa com a selecção de palavras do campo semântico de amor, inscritas num coração pré-recortado e autocolante que, posteriormente, foi colado no peito de cada participante.

    16h - "Rodinhas de Leitura" - Leitura de quadras do livro "A carochinha e o João Ratão", de Luísa Ducla Soares, com uma oficina que consistiu na elaboração de um desenho sobre o tema.


    sexta-feira, 3 de julho de 2009

    "CAMILO PESSANHA... UM POETA AO LONGE"

    EXPOSIÇÃO + PALESTRA + RECITAL DE POESIA
    CAMILO PESSANHA (1867-1926), nasce em Coimbra, cursa advocacia e apaixona-se pela irmã do seu amigo, Alberto Osório de Castro, não sendo correspondido.
    Muda o rumo da sua vida e imigra para Macau onde se deixa envolver pela língua e cultura chinesas. É contemporâneo do orientalista Wenceslau de Morais, estreitando ligações com a elite cultural e a Maçonaria do território.
    Fernando Pessoa reconhece-lhe qualidades poéticas admiráveis e publica alguns poemas seus na revista Orpheu.
    A poesia de Pessanha teve grande influência na geração de poetas modernistas. Na sua obra estão patentes os grandes temas característicos do simbolismo - dor, solidão, morte e fuga para o nada.
    Foi muito admirado por grandes figuras da poesia portuguesa como Fernando Pessoa e Mário de Sá Carneiro, Eugénio de Andrade, José Régio e David Mourão Ferreira.
    Camilo Pessanha foi o expoente máximo do simbolismo, movimento literário de origem francesa, com influência de Verlaine, que surge em finais do século XIX. Este movimento, ligado à noção de decadência, pessimismo, angústia e saudosismo, surge como reacção ao materialismo, cultivando a espiritualidade, a imaginação e o idealismo.
    Camilo Pessanha era viciado em ópio e acabou por falecer em Macau.
    Obras disponíveis na Biblioteca:
    • Cartas a Alberto Osório de Castro, João Baptista de Castro e Ana de Castro Osório. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda,1984
    • China: estudos e traduções. Lisboa:Vega, 1993
    • Clepsidra e outros poemas. Porto:Lello, 1998
    • Contos, crónicas, cartas escolhidas e textos de temática chinesa. Lisboa: Europa-América, D.L.1988

    Obras relacionadas:

    PÂRIS-MONTECH, Christine - L'imaginaire de Camilo Pessanha: résonances fin-de-siècle et hantises individuelles. Paris: Centre Culturel Calouste Gulbenkian, 1997

    JÁ CONHECES A BIBLIOTECA?

    Hoje, dia 2 de Julho, pelas 10 horas, o Serviço Educativo da Biblioteca proporcionou a cerca de 25 alunos da Escola "Estrela Guia", uma visita orientada à Biblioteca Municipal. Houve também uma sessão de contos com a leitura do conto "Chiu!", da autoria da Mafalda Milhões, seguida de um workshop com a elaboração de um pequeno livro de respostas múltiplas sobre o serviço da Biblioteca.

    quinta-feira, 2 de julho de 2009

    "DE PASSAGEM... PELO MUNDO DAS BIBLIOTECAS"

    Exposição Bibliográfica na recepção da Biblioteca, com o objectivo de divulgar, de forma temática, o espólio documental existente.
    Desta vez é sobre o Dia Mundial das Bibliotecas - que se comemora a 1 de Julho - e estará patente de 1 a 31 de Julho.